Viagem&Cia.
Destinos

Vanguarda domina Berlim

A vanguarda domina as ruas, a arte e a moda

Shutterstock
Portão de Bradenburgo é um dos símbolos da cidade
Portão de Bradenburgo é um dos símbolos da cidade
POR QUE IR?

Só a história de Berlim já pede uma visita à capital alemã – passado que alimenta seu caráter experimental. Está tudo lá: museus de vanguarda, galerias ecléticas, teatros grandiosos e boates que varam a noite.

QUANDO IR?

Durante o inverno, a temperatura cai bastante e a neve é constante. Por isso, só vá nessa época se gostar mesmo do frio intenso. Maio e junho são meses do Carnaval Cultural; setembro, dos festivais de arte e jazz; e dezembro, das boas compras nos mercados natalinos repletos de objetos interessantes.

COMO IR?

Há voos que partem de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília a partir de US$ 1.200, das empresas TAM, Luthtansa, American Airlines e KLM, entre outras. Se desembarcar no aeroporto de Schönefeld, opte pelo Airport Express para chegar ao centro. A viagem dura cerca de meia hora e custa € 3 (a corrida de táxi sai por € 35, em média).

PARA VER

O melhor museu

O Pergamon é um banquete para quem aprecia a arte e a arquitetura clássicas grega, babilônica, romana, islâmica e do Oriente Médio. O destaque é o Altar de Pérgamo, suntuoso e feito de mármore (€ 8).

A melhor vista

Do alto do edifício Panoramapunkt é possível conferir a magnitude de Berlim. Dali, é fácil ver que a Potsdamer Platz se divide em três: Daimler City, o atraente Sony Centre e o Beisheim Centre, inspirado no design de arranha-céus americanos (€ 5; em alemão).

O melhor da história

Para uma explorar os 2 mil anos de história dos judeus na Alemanha, visite o museu Jüdisches. Aprenda sobre a cultura judaica e suas figuras importantes, bem como sobre o Holocausto (€ 5).

O melhor da cultura

A Berlinagenten é especializada em passeios que passam longe dos roteiros batidos. É possível visitar butiques incrementadas, restaurantes únicos e até casas particulares. Para os amantes da gastronomia, a dica é o roteiro Gastro-Rallye (a partir de € 174 por pessoa).

A melhor caminhada

Quase dois quilômetros do Muro de Berlim sobrevivem como símbolo do triunfo da liberdade sobre a opressão. O trecho mais preservado foi transformado em galeria de arte a céu aberto. Há um Guia do Muro que mapeia esse percurso, com comentários e GPS (€ 10 por dia).

PARA COMER E BEBER

• O Anna Blume, em Prenzlauerberg, seduz os clientes por causa do interior art nouveau de veludo e do bom terraço. Ao entrar, o aroma dos bolos caseiros, do café de Java e das flores da loja ao lado é irresistível (pratos entre € 5 e € 10).

• O Tartane é um pub gastronômico charmoso, decorado com azulejos de Meissen do Palast der Republik (o antigo Parlamento da Alemanha Oriental). Peça hambúrguer e cerveja Kölsch, dupla preferida da clientela boêmia (opções entre € 8 e € 18, em alemão).

• O Engelbecken fica na margem do lago e serve comida alemã, preparada de maneira impecável. O menu inclui produtos sazonais, como bolo assado de carne de vitela orgânica (pratos entre € 8 e € 21; Witzlebenstrasse 31).

• No moderno Spindler & Klatt, instalado numa antiga fábrica de pães prussiana, enquanto saboreia pratos criativos, como a bavette de carne com batatas, relaxe numa cama plataforma (pratos a partir de € 15).

• Experimente a cozinha de Michael Kempf no Facil, estrelado no guia Michelin. Os pratos, como as trufas alba e a carne de lebre, são apresentados elegantemente (almoço com dois pratos por € 30 e jantar a partir de € 82).

ESSENCIAIS

Circulando

O sistema de transporte público de Berlim é administrado pela BGV e reúne ônibus, bondes e os trens U-Bahn e S-Bahn. Compre as passagens nas máquinas automáticas nas estações. Para corridas de táxi de até cinco quilômetros, negocie a tarifa para viagens curtas (€ 5, por trajeto).

PREÇOS TÍPICOS

Camiseta Ampelmann: € 18
Refeição de preço médio: entre € 18 e € 30
Diária em hotel de preço médio: a partir de € 80
Hospedagem em hotel sofisticado: a partir de € 176

PARA DORMIR

• Nos anos 1930, Helmut Newton estudou com o fotógrafo de moda Yva no Bogota, atualmente um hotel que mantém seu antigo charme, decorado com um painel da época na escada e móveis retrô. O tamanho dos quartos varia muito e os mais baratos têm banheiro compartilhado (diárias a partir de € 21).

• O Propeller Island City Lodge é inspirado em Vinte Mil Léguas Submarinas, de Julio Verne. Cada um dos 32 quartos é uma viagem a um mundo surreal. Passe a noite em um castelo da Disney ou numa cela de prisão (diárias a partir de € 80).

• O Arte Luise Kunsthotel se diz uma “galeria com quartos”. Cada cômodo é assinado por um artista diferente: é possível dormir numa cama feita para gigantes, na companhia de astronautas ou em um cabaré (diárias a partir de € 50).

• O Arcotel John F homenageia o presidente John F. Kennedy com objetos diferentes, entre eles cadeiras de balanço (o americano as usava para driblar as dores nas costas) e luminárias curvilíneas inspiradas nos vestidos de baile de Jackie (diárias sob consulta).

• O Hotel de Rome fica na antiga sede de um banco do século 19, transformada pelo designer Tommaso Ziffer num hotel moderno. A casa-forte cedeu espaço para a piscina e o spa e as salas dos diretores são suítes luxuosas (diárias sob consulta).

DICAS DE OUTROS VIAJANTES

Café agradável

O Einstein é um tradicional café de estilo vienense com menu variado: serve café da manhã e almoços leves e refeições formais à noite, além de schnitzels e bolos. Para um intervalo rápido no meio de um passeio, faça uma pausa por lá: fique ali por quanto tempo quiser, lendo jornal e tomando um café – o serviço é acolhedor (opções a partir de € 14; Kurfürstenstrasse 58).
Judy Hoffman

Charme do leste

Localizado na antiga Berlim Oriental, o Bar Gagarin tem um ambiente aconchegante, com decoração fashion – as paredes enfeitadas com publicidade de moda são interessantes para qualquer turista. A comida e a grande variedade de bebidas são companhia ideal para apreciar o agito do bairro boêmio e artístico de Prenzlauerberg.
David Cuschieri

Comida de rico

Vale a pena fazer uma visita à luxuosa loja de departamentos KaDeWe. São sete andares de moda, design, restaurantes e arte. O maior destaque, porém, é a seção de gastronomia, onde há de salsichas a champanhe.
Katherine Lapworth

Descubra mais

Berlin (R$ 50) e Berlin Encounter (R$ 28), publicados pela Lonely Planet, são guias bastante completos e que ajudam a conhecer melhor a capital alemã. Para saber o que anda acontecendo por lá, acesse Visit Berlin e Berlin.de. No livro The Berlin Stories, de Christopher Isherwood (R$ 36, sem tradução para o português) que inspirou o famoso musical Cabaré, há boas referências da cidade.